Projeto 1

ANGOLA 

Terminal de Assistência a Sondas, Navios e Graneles em
Porto Amboim

Após um estudo marítimo comercial e técnico aprofundado, torna-se óbvia a necessidade de um terminal offshore certificado internacionalmente. Este terminal offshore, juntamente com os portos das Ilhas Canárias, poderá levar à cooperação entre ambos no mega-comércio mundial do Atlântico Sul ao longo da costa oeste-africana.

 

Destina-se, com fundos privados e públicos da UE, a construir um terminal de 3'5 km de comprimento ea 2'5 km de Porto Amboim, a fim de prestar serviços de contentores de tráfego, Atlântico Sul.

 

Destina-se a seleccionar um parceiro de referência, que por sua vez se beneficia do Terminal para as suas próprias operações em condições especiais e permite facilitar os procedimentos de autorizações e autorizações.

 

Posteriormente, propõe-se desenvolver um grande pólo econômico de turismo e serviços com o Terminal abrangendo uma necessidade estratégica de geo-economia no Atlântico Sul.

 

Para o trabalho mencionado HC7 TSNG investiu € 4M em projetos e estudos e tem mais € 40M de parceiros para investir imediatamente após o processamento de licenças e licenças.

 

Da mesma forma, o HC7 TSNG garante um crédito da UE através da Espanha de € 430M para cobrir todo o orçamento.

Projeto 2

 GUINEA 

Alargamento Quebramar.
  para protecção de
porto Riaba

A ilha de Bioko encontra-se actualmente num ambicioso processo de desenvolvimento para o qual têm de ser fornecidas as infra-estruturas portuárias necessárias. Baseando-se nos benefícios derivados do tráfego marítimo e da exploração dos recursos naturais, destina-se a dirigir os investimentos nas infra-estruturas portuárias para diversificar o sistema produtivo e comercial da Guiné Equatorial.

 

Neste ambiente favorável ao investimento em construções de transporte marítimo, está a ser desenvolvido um grande projecto que salienta a necessidade de infra-estruturas portuárias adequadas na Baía de Riaba, na parte oriental da ilha.

 

A nova instalação portuária reuniria a exportação de produtos petrolíferos e de gás natural na área e se estabeleceria como uma plataforma multimodal para mercadorias, principalmente em contêineres, que cruzam a costa oeste-africana de ou para países da região.

 

A criação de uma instalação portuária de certa escala deve ser acompanhada pela introdução de indústrias associadas ou atraídas pelo transporte marítimo, a fim de criar um grande pólo industrial.

A preparação de um projeto portuário requer planejamento por técnicos experientes que, além de possuir o conhecimento técnico, tenham a capacidade de propor metodologias de desenvolvimento ea elasticidade para se adaptarem às demandas e preferências de todos os atores interessados. A equipe HCN TSNG já cobriu a primeira fase de coleta de dados oceanográficos, geotécnicos e geofísicos da baía.

Projeto 3

ANGOLA 

Equipamentos de energia para áreas rurais remotas longe de fornecimento de electricidade

Com o apoio de duas empresas líderes neste campo, o centro de pesquisa das Ilhas Canárias projetou unidades de energia autônomas que têm a capacidade de capturar energia de diferentes fontes naturais, armazená-lo e tê-lo pronto para o consumo noturno.

 

As unidades foram testadas sob condições de funcionamento severas, especialmente sob altas temperaturas. Além de exigir baixa manutenção, eles têm uma montagem modular, o que facilita qualquer substituição possível.

 

Destina-se a Angola a não comprar as unidades, mas a acordar um aluguer a um juro muito baixo que evite prejudicar os recursos não orçamentados. No final do aluguer as estações são dadas a cada usuário para seu cuidado e manutenção.

 

Neste serviço às comunidades remotas participarão diferentes agências de desenvolvimento sob a tutela do Governo de Angola e do Governo de Espanha.

 

Pretende-se instalar cerca de 100 000 unidades.

© 2016 2017 creado por ABC Consultores para HC7 TSNG Canarias España